quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Em paralelo...

Paralelamente a compra e alimentação dos pintos, tentei desenvolver desde janeiro uma chocadeira elétrica.
Tentei manipular a temperatura manualmente, mas não tem como. Em alguns dias, comprei um termostato no mercado livre para auxiliar nesse processo. Realmente funciona.
Enquanto isso fui fazendo compra de pintos, muito pequenos, dificilmente se sabe o sexo (lembrando que eu deveria dar preferência por fêmeas) para estimular uma criação rentável ou sustentável.
 
O primeiro projeto de chocadeira foi em uma caixa de madeira, deu muito errado. Perdi alguns ovos.
Continuei com uma caixa de isopor...deu errado, era pequena.
 
Aprofundei-me nas experiências que tinham disponíveis na net para saber o que estava errando. Então, para começar certo, tinha que reprojetar tudo. Comprei um isopor um pouco maior, uma caixa de mais de 35 lts. Até o presente momento estou ainda com a referida caixa. Mas a utilizo hoje da seguinte forma:
  • Comprei duas bandejas, uma para água, que fica embaixo e outra para ficar um pouco acima;
  • Utilizei uma lâmpada incandescente como resistência para aquecer o ambiente (depois encontrei em um blog uma sugestão de aquecer a água) e depois modifiquei para aquecer diretamente a água;
  • Fiz uma janela, protegida por pet, para visualizar o interior da caixa e evitar abrir muitas vezes;
  • Fiz furos para permitir a circulação de ar;
  • Utilizei o termostato para ativar ou desligar o circuito;
  • Comprei uma fonte 12v para alimentar dois coolers de computador para circular o ar internamente, conforme sugestão de ventilação forçada que vi em um blog O quintal do seu Paulo;
  • Fiz uma abertura superior para permitir uma saída facilitada da umidade (depois que comecei a aquecer a água, percebi uma vaporização maior, ou seja, maior umidade interna;

Com as observações que fiz, as modificações, estou começando a conseguir um melhor resultado.
Infelizmente como o período de formação do pinto é de 21 dias, tenho que esperar todo este tempo para avaliar cada modificação.
Já pensei em comprar uma chocadeira, mas segundo alguns blogs, não há uma chocadeira perfeita, por isso, não fiz ainda esse investimento.
 
Fiz e estou fazendo as modificações que acho cabíveis e para atender as exigências que vi relatadas na net: umidade elevada, Controle de temperatura, isolamento térmico.

Até o momento consegui reproduzir apenas 4 pintos e tive uma perda de uns 100 ovos.
  • No começo coloquei ovos velhos, errei, coloco apenas ovos bem novos (até 7 dias);
  • Outras vezes coloquei ovos não galados, portanto, quando faço modificações, aguardo para ter certeza que houve de fato acasalamento;
  • Aquecia o ambiente (umidade não se elevava necessariamente), hoje aqueço a água.
Apesar das perdas, não acho que seja considerável e também vejo como um aprendizado, me dá segurança para fazer de fato um investimento, caso veja a real necessidade.

Até

0 comentários:

Postar um comentário