domingo, 29 de setembro de 2013

Sanidade e vacinação

Devido a rusticidade das galinhas consideradas de capoeira, sem raça definida, o criador pode pensar que não é necessário ter cuidados com sanidade e vacinação.

Porém esse erro é gravíssimo se junto a este plantel você possuir e favorecer a procriação de galinhas com maior quantidade de carnes, pouca gordura e ovos, ou seja, galinhas de raça.

Quanto mais as galinhas forem de raças puras, mais elas terão facilidade para adoecer.

Por isso o criador deve desenvolver o cuidado com a limpeza do galinheiro e promover periodicamente o esquema de vacinação.
1 dia (incubatório)Marek + Gumboro + Bouba (suave) Subcutânea
7 diasNew Castle (B1) + Bronquite Infecciosa (H120) + GumboroOcular
35 diasBouba (forte) Membrana da asa
35 diasNew Castle (LS) + Bronquite Infecciosa (H52) + GumboroOcular
50 diasCoriza Infecciosa (Aquosa) Intramuscular
70 diasNew Castle (LS) + Bronquite Infecciosa (H52) + GumboroOcular
100 diasEncefalomielite AviáriaÁgua de bebida
120 diasCoriza Infecciosa (Oleosa) Intramuscular
135 diasNew Castle + Gumboro + Bronquite Infecciosa (Tríplice Oleosa) Intramuscular

No meu plantel, vacino as aves contra a Newcastle e Bouba aviária.

No mês de agosto, ainda não havia dado essa importância a vacina e o que ocorreu foi que houve um surto de bouba aviária que vitimou 3 pintos de raça, outros 7 apresentaram traços da doença, mas não morreram.

Para evitar que os vírus ou bactérias fiquem latentes no piso e paredes faça práticas de higiene e utilize desinfetantes para inativar pelo menos a maior parte deles.

Por isso, não titubeie, vacine, é barato.

0 comentários:

Postar um comentário