sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Galinhas da Angola!


         As galinhas da angola são aves rústicas e resistentes já foram domesticadas há bastante tempo, trazida da África na época da escravidão, ainda preserva ainda alguns de seus hábitos selvagens. As galinhas são fáceis de criar, porém não são boas chocadeiras. Sua carne é muito apreciada, é comparada a carne do faisão. Outra utilidade da ave é a guarda, como o seu grito “tô fraco”, alerta quando percebe a presença de estranhos ou outra anormalidade. A ave também é criada como animal ornamental. 

         A carne da galinha da angola tem consistência firme e é saborosa, por isso é muito apreciada na culinária. O animal também ajuda no equilíbrio biológico, pois devora lagartas, formigas e carrapatos. 

         Existem três tipos de galinhas, as mais comuns são as pedrês, ou seja, os animais cinzas com bolinhas brancas; as galinhas toda branca; e a pampa, que é o resultado do cruzamento das duas primeiras. Ao iniciar a criação é bom adquirir poucas aves, cerca de doze. Na reprodução, é aconselhável utilizar um macho para cinco fêmeas. 

Fonte: Globo Rural

0 comentários:

Postar um comentário